segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Minha pequena está crescendo...

Então que desse ano pro próximo as chances de mudanças na minha vida acontecerem são BEM grandes! Aliás, só não mudam se eu falar que não tô afim que mudem, pq pra mim a diferença é "pequena". Mas eu quero mudar, né?
Mudança 1 - de casa. Formar a minha família. Ter o meu canto. Cuidar da minha casa.
Mudança 2 - de emprego. Como já falei mais ou menos aqui, a empresa que trabalho é contratada e vão encerrar o contrato possivelmente em janeiro. Não quero mais ficar aqui. Pretendo aproveitar a oportunidade de encerrar o contrato ao invés de pedir demissão e investir em mim, trabalhar na área em que me formei.
Mudança 3 - escola da pequena. Tá... de qquer forma isso aconteceria, já que a escola onde ela está atualmente - q é muito boa e municipal - não tem o ensino fundamental...

E é nessa mudança que me pego pensando muito de vez em quando...
A pequena está passando do 2º período para o 1º ano do Ensino Fundamental...
A questão que mais me afligiu é com relação ao aprendizado. Pq no 2º período as crianças não TEM que aprender a ler. Se aprendem, ótimo! Se não... vão aprender um dia!
Acontece que a Sofia não aprendeu. E ano que vem, 1º ano, no meio de alunos da idade dela + alunos maiores, de outras salas; livros pra ler; muito a aprender...
É... aí eu lembro qndo me diziam que 1º e 5º ano do Ensino Fundamental e 1º ano do Ensino Médio são os mais difíceis... são ciclos que se iniciam e em cada um deles aumenta a dificuldade.
Com tanta mudança, pretendo estar ao lado da pequena ao menos nos meses iniciais pra poder dar uma força maior pra ela. Espero que dê certo! Torçam por mim!!

A outra questão que me peguei pensando hoje foi... COMO O TEMPO PASSOU!
Escrevi no twitter "to me sentindo esquisita ao tentar definir algumas coisas em relação à escola da pequena no ano que vem. O problema é: 1º ano do Ensino Fundamental. É que parece que ela ainda é um "bebê", mas já tá entrando no ENSINO FUNDAMENTAL!! Isso assusta toda mãe? #momentoDRAMA"
É... pq sou meio dramática... Mas recebi a resposta da @maecomfilhos "o 1º ano do Ensino Fundamental, aos 5 para 6 anos, foi complicado aqui tb. Eles são tão jovens para o tamanho da responsabilidade"


Vejam bem... de crianças que brincam e 'só', nossas crianças passam a crianças que ESTUDAM e depois brincam. É isso mesmo! Um tamanho de responsabilidade para simples crianças...
Engraçado é eu nunca ter pensado nisso, nem nas minhas próprias mudanças difíceis de nível. Eu nunca repeti ano, mas minhas notas nunca foram maravilhosas... Só que a preocupação maior se estava sendo difícil ou não pra mim deve ter sido da minha mãe. Assim como eu me sinto agora com relação à pequena.
É muito rápido... viram rapazinhos e mocinhas tão rápido... Como será o aprendizado? Ainda bem que tenho irmã professora, tia pedagoga/psicóloga e outra tia pedagoga/diretora... vou recorrer, claro!

6 comentários:

Giuliana: disse...

Encerrar ciclos, iniciar outros é um tanto complicado para nós adultos. Quem dirá para as crianças?

O que alivia um pouco é quando essas crianças tem pais e mães como você, que se preocupa, que se informa e que com certeza irá fazer tudo o que está ao seu alcance para que essa responsabilidade tão desproporcional ao tamanho dessas criaturinhas seja um pouco mais sutil.

Quando éramos crianças não precisávamos nos preocupar com isso, porém da adolescência para cá, sinto cada mudança de ciclo e geralmente tenho umas crises de aceitação..rs

Beijos.

Lola disse...

Oi amiga!

Olha, às vezes, a ansiedade maior é da mãe, ou seja, a criança tira essas mudanças de letra! Vc vai ver, a Sofia logo logo, estará lendo e escrevendo! Nós é que ficamos tentando prever o futuro, fazendo tempestade em copo d'água! hahahaha Quanto suas mudanças, mudar é bom e necessário! Vai dar tudo certo!

Bjs

Regina Laura disse...

Oi querida,
Seu post me foi de um alento incrível!
Alento porque vivi tudo que vc fala nele. A ansiedade do 1º ano fundamental...
Acredite! Vai ser mamão com mel. A gente é que fica ansiosa mesmo. Eles se acostumam muito rápido.

Depois vem a ansiedade do 5º ano, antigo ginásio. Muda o esquema, vários professores ao invés de um. Vai dar certo? Dá sim amiga!

Acompanhando com carinho e atenção, como vc pretende fazer, sempre dá.

Eu já to quase indo pra ansiedade da formatura do ensino fundamental e entrada no médio. Ano que vem me espera..rsrs

Mudanças são ótimas. Ciclos que se renovam. Abrace esse momento com todo amor e destemor. Ele é precioso e com certeza te trará muitas coisas boas!!
Beijo grande

Veronica Kraemer disse...

Dori queridaaaaaaaaaa, finalmente tomei vergonha nessa minha cara e vim aqui conhecer seu blog!!!
Adorei!!!
Eu me divirto com as peripécias da sua pequena, que vc. conta lá no tui!!!
Sabe, eu não tenho filhos, mas tenho a minha sobrinha que vc já viu, ela tem 9 anos e é uma mulherzinha, é muito emocinante acompanhar as mudanças. Cada vez que ela vem do sul pra cá, me assusto com as mudanças.
e sou dramática que nem tu!!! rsrsrsrsrsrs
beijosssssssssss e linda semana pra ti
Vero

Leticia disse...

Querida
Estava conversando sobre o crescimento com o meu marido... tenho dois enteados moços: uma menina de 16 e um menino de 20... ele está mal... sentindo um vazio muito grande com tudo isso. Eles às vezes preferem viajar no fim de semana a jantar com ele, por exemplo. Pedi para ele olhar para trás... não muito longe e ver coo ele era para entender melhor. Ele os criou para o mundo, mas mesmo assim quer debaixo das asas...
Beijos
lelê

SANDRA disse...

Amiga,

Aproveita bem esses momentos...quando veres ela já será uma moça!
As pequenas tiram de letra, vais ver que ela vai encarar toda a mudança na maior naturalidade, a gente é que fica preocupada!

Boa sorte.....

beijinhossss